Recordar é viver: “As aberrações do nosso sistema eleitoral e a reforma política”

Dando a cara a tapa

Em tempos de mal ajambrada reforma do nosso sistema político, vale a pena recordar um dos primeiros posts da área jurídica sobre o assunto neste espaço.

Afinal, entra ano, sai ano, a ladainha é sempre a mesma.

E a coisa continua tão feia quanto antes…

As aberrações do nosso sistema eleitoral e a reforma política

Publicado originalmente em 25.2.11

Uma coisa que quase ninguém entende é o sistema proporcional para eleição de deputados federais, estaduais e vereadores. Não é pra menos. É um dos sistemas mais non sense do planeta. Vou tentar explicar mais ou menos como funciona.

Imaginemos cinco partidos: por exemplo, PT, PMDB, PSDB, PFL e PSOL.

PT e PMDB se unem de um lado, PSDB e PFL do outro. O PSOL, purista que é, fica sozinho.

Cada um lança seus candidatos para 10 vagas em uma Câmara ou Assembléia qualquer.

Somados os votos, dos 12 milhões de…

Ver o post original 791 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s